seguidores


para pedir orações ? a igreja católica pratica comunicação instrumental ou mediúnica ? o Museu das Almas do purgatório é a prova real de que a comunicação com espíritos é verdadeira e possível ? por que a igreja não divulga os fatos reais escondidos no museu e guardados a sete chaves ? estas e muitas outras duvidas iremos debater nesta impressionante viajam ao Museu das Almas do Purgatório, o mistério que a igreja guarda a sete chaves.



Part 01




Part 02




 O programa Fantástico, da Rede Globo, mostrou, pela primeira vez no Mundo, por cerca de quinze minutos, as imagens que nunca foram reveladas por outra televisão. São imagens surpreendentes que revelam que as comunicações espirituais no seio da Igreja Católica são evidentes e aconteceram em muitas épocas. As peças são do século passado e de épocas mais recentes. A comunicação com os espíritos passam a ser realidade pública, e a Igreja mesmo sabendo dessas informações, reservam esses contatos.

O Museu

Um segredo guardado há pelo menos 104 anos pela Igreja Católica, onde os espíritos se comunicam também no seio da própria Igreja. No Museu das Almas do Purgatório, em Roma, estão registrados, silenciosamente, fatos incontestáveis que legitimam a comunicação de espíritos.
Tudo começou com um incêndio misterioso na inauguração de um altar, em 1897. Os fiéis, ao apagarem o fogo, perceberam do surgimento das chamas um rosto desenhado pelos resíduos da fumaça que se encontravam no mármore. O curioso é que não havia nada de combustível no local. Concluíram, juntamente com o padre Victory Juet, que a materialização daquele rosto, cujos resíduos estão intactos até hoje, se tratava de um fenômeno paranormal insólito.
Com o tempo, o acervo neste sentido foi se ampliando, com peças vindas de outras igrejas. As relíquias são imagens surpreendentes que revelam que as comunicações espirituais na Igreja são evidentes e acontecem em muitas épocas. Diversos padres não só admitem a comunicabilidade com os espíritos, como também escreveram livros e fazem conferências sobre o assunto.
[editar]Museu envolto em Mistério

O Museu das Almas do Purgatório foi criado pela Igreja no começo do século passado pelo padre Victory Juet, que pertencia à Ordem do Sagrado Coração de Jesus, fundada em 1854 pelo padre Chevalier, com a finalidade de proferir missa e orações em sufrágio das almas em sofrimento. Esta organização se desenvolveu em Roma a partir do trabalho de Juet que se transformou numa das maiores personalidades de sua época. Foi procurador de Roma, amigo pessoal e de extrema confiança do Papa Pio X.
Em 15 de novembro de 1897, quando se havia adornado o altar para uma festa, em comemoração às conquistas para construção do grande santuário, que é hoje a igreja, aconteceu o incêndio misterioso. Victory Juet e os fiéis deduziram que seriam almas do purgatório pedindo preces para aliviar seus sofrimentos no Além, uma vez que a igreja estava sendo construída para isso, além de uma demonstração real de que a Igreja seria necessária. A partir daí, o padre, impressionado, comunicou ao papa e às autoridades eclesiásticas, empreendeu muitas viagens pelos países europeus, buscando testemunhos, provas e sempre investigando para inserir outras comunicações semelhantes.
Depois de algum tempo e de uma grande quantidade de material selecionado ele fundou o primeiro Museu Cristão de Além Túmulo, com autorização do papa, para legitimar todas as peças que registram aparições de comunicação espiritual entre padres e freiras. Hoje o museu tem a quantidade de peças resumidas, mas é o registro dessas aparições durante muitos anos em diversas igrejas e diversas partes do mundo. A igreja teoricamente admite, através do museu, a comunicação entre os vivos e os mortos.

para pedir orações ? a igreja católica pratica comunicação instrumental ou mediúnica ?

0

Deixe seu Comentário »

  • Genêros:
  • Author: shinigami siga nos
  • Lançamento: 2011
  • Qualidade: DvdRip
  • Idioma: Português

para pedir orações ? a igreja católica pratica comunicação instrumental ou mediúnica ?

para pedir orações ? a igreja católica pratica comunicação instrumental ou mediúnica ? o Museu das Almas do purgatório é a prova real de que a comunicação com espíritos é verdadeira e possível ? por que a igreja não divulga os fatos reais escondidos no museu e guardados a sete chaves ? estas e muitas outras duvidas iremos debater nesta impressionante viajam ao Museu das Almas do Purgatório, o mistério que a igreja guarda a sete chaves.



Part 01




Part 02




 O programa Fantástico, da Rede Globo, mostrou, pela primeira vez no Mundo, por cerca de quinze minutos, as imagens que nunca foram reveladas por outra televisão. São imagens surpreendentes que revelam que as comunicações espirituais no seio da Igreja Católica são evidentes e aconteceram em muitas épocas. As peças são do século passado e de épocas mais recentes. A comunicação com os espíritos passam a ser realidade pública, e a Igreja mesmo sabendo dessas informações, reservam esses contatos.

O Museu

Um segredo guardado há pelo menos 104 anos pela Igreja Católica, onde os espíritos se comunicam também no seio da própria Igreja. No Museu das Almas do Purgatório, em Roma, estão registrados, silenciosamente, fatos incontestáveis que legitimam a comunicação de espíritos.
Tudo começou com um incêndio misterioso na inauguração de um altar, em 1897. Os fiéis, ao apagarem o fogo, perceberam do surgimento das chamas um rosto desenhado pelos resíduos da fumaça que se encontravam no mármore. O curioso é que não havia nada de combustível no local. Concluíram, juntamente com o padre Victory Juet, que a materialização daquele rosto, cujos resíduos estão intactos até hoje, se tratava de um fenômeno paranormal insólito.
Com o tempo, o acervo neste sentido foi se ampliando, com peças vindas de outras igrejas. As relíquias são imagens surpreendentes que revelam que as comunicações espirituais na Igreja são evidentes e acontecem em muitas épocas. Diversos padres não só admitem a comunicabilidade com os espíritos, como também escreveram livros e fazem conferências sobre o assunto.
[editar]Museu envolto em Mistério

O Museu das Almas do Purgatório foi criado pela Igreja no começo do século passado pelo padre Victory Juet, que pertencia à Ordem do Sagrado Coração de Jesus, fundada em 1854 pelo padre Chevalier, com a finalidade de proferir missa e orações em sufrágio das almas em sofrimento. Esta organização se desenvolveu em Roma a partir do trabalho de Juet que se transformou numa das maiores personalidades de sua época. Foi procurador de Roma, amigo pessoal e de extrema confiança do Papa Pio X.
Em 15 de novembro de 1897, quando se havia adornado o altar para uma festa, em comemoração às conquistas para construção do grande santuário, que é hoje a igreja, aconteceu o incêndio misterioso. Victory Juet e os fiéis deduziram que seriam almas do purgatório pedindo preces para aliviar seus sofrimentos no Além, uma vez que a igreja estava sendo construída para isso, além de uma demonstração real de que a Igreja seria necessária. A partir daí, o padre, impressionado, comunicou ao papa e às autoridades eclesiásticas, empreendeu muitas viagens pelos países europeus, buscando testemunhos, provas e sempre investigando para inserir outras comunicações semelhantes.
Depois de algum tempo e de uma grande quantidade de material selecionado ele fundou o primeiro Museu Cristão de Além Túmulo, com autorização do papa, para legitimar todas as peças que registram aparições de comunicação espiritual entre padres e freiras. Hoje o museu tem a quantidade de peças resumidas, mas é o registro dessas aparições durante muitos anos em diversas igrejas e diversas partes do mundo. A igreja teoricamente admite, através do museu, a comunicação entre os vivos e os mortos.



OBS: Caso encontre videos Removidos "This video Has Been Removed.." ou com problemas, Pedimos aos Usuarios que comentem para assim Recuperarmos o video novamente.

Publicidade em Manutenção.

0 comentários:

Postar um comentário