seguidores



Quem me derás; eu merecer sua auto piedade, mau te conheço simplesmente mergulhando nas fronteiras da mente posso eu nada internecer meus sentidos e nem mudar minha prosa nem um tanto póetica , saturado de sensações nefastas e prevaricando minhas gotas de vida ; porém sacrificando meu tempo com quem nada quer, meu mundo uma farsa ; minha crença não existe mal cerceada em pluritarísmos ociosos;ouço meu coração impetrando batidas nesse mundo extremo do meu peito ; Óh oque quero eu da vida mereço pagar o preço que me fiz cobrar pois sou rico; mais tenho medo do que vem por ai ; nem renego ou penso se ficar sem eles pois por mais que esmurre , berre sou simplesmente um boneco de areia , nesse oceano chamado de existência sou um pingo d'agua dentro de um copo tentando mostrar que já fiz parte da grande lagoa de meu infimo mundinho o que faço eu agora pois de tanto calor virei belo diamante, hoje todos me   invejam me cobiçam podendo até privar me da liberdade que façam as dele as minhas  palavras onde:                     Amar o perdido
Deixa confundido
este coração
Nada pode o olvido
contra o sem sentido
apelo do não
As coisas tangíveis
tornan-se insensíveis
à palma da mão
Mas as coisas findas
Muito mais que lindas
Essas ficarão
carlos drummond

Merecimento de um pobre coração

0

Deixe seu Comentário »

  • Genêros:
  • Author: shinigami viva o niilismo! siga nos
  • Lançamento: 2011
  • Qualidade: DvdRip
  • Idioma: Português

Merecimento de um pobre coração


Quem me derás; eu merecer sua auto piedade, mau te conheço simplesmente mergulhando nas fronteiras da mente posso eu nada internecer meus sentidos e nem mudar minha prosa nem um tanto póetica , saturado de sensações nefastas e prevaricando minhas gotas de vida ; porém sacrificando meu tempo com quem nada quer, meu mundo uma farsa ; minha crença não existe mal cerceada em pluritarísmos ociosos;ouço meu coração impetrando batidas nesse mundo extremo do meu peito ; Óh oque quero eu da vida mereço pagar o preço que me fiz cobrar pois sou rico; mais tenho medo do que vem por ai ; nem renego ou penso se ficar sem eles pois por mais que esmurre , berre sou simplesmente um boneco de areia , nesse oceano chamado de existência sou um pingo d'agua dentro de um copo tentando mostrar que já fiz parte da grande lagoa de meu infimo mundinho o que faço eu agora pois de tanto calor virei belo diamante, hoje todos me   invejam me cobiçam podendo até privar me da liberdade que façam as dele as minhas  palavras onde:                     Amar o perdido
Deixa confundido
este coração
Nada pode o olvido
contra o sem sentido
apelo do não
As coisas tangíveis
tornan-se insensíveis
à palma da mão
Mas as coisas findas
Muito mais que lindas
Essas ficarão
carlos drummond



OBS: Caso encontre videos Removidos "This video Has Been Removed.." ou com problemas, Pedimos aos Usuarios que comentem para assim Recuperarmos o video novamente.

Publicidade em Manutenção.

0 comentários:

Postar um comentário